Maranhão: Terceira companhia da PM de Parnarama tem plantões com apenas três políciais.

O município de Parnarama possui uma área de três mil duzentos e sessenta e dois ( 3.262 ) quilômetros quadrados, e tem sua sede na margem do rio Parnaiba se estendendo até o rio Itapecuru.

Duzentos e cinquenta e seis ( 256 ) quilômetros é a distância entre a cidade de Parnarama e o povoado Centro do Nazaré, na margem do rio Itapecuru.

Grandes e pequenos povoados juntos, atingem mais ou menos 50% da população do município que beira trinta e cinco mil habitantes.

Com essa realidade, é impossível a Terceira Companhia Independente de Polícia Militar de Parnarama, garantir plenamente a segurança das zonas urbana e rural com apenas três policiais.

Em tempo de pandemia, a insuficiência do contigente policial militar, torna inconsistentes os Decretos assinados pelo prefeito Raimundo Silveira, traçando normas e critérios para erradicar o novo coronavírus no mumicípio.

Os decretos municipais são totalmente ignorados e desobedecidos por uma parcela considerável da população que mantém bares funcionando livremente na sede e na zona rural, mormente no período noturno, com maior frequência nos finais de semana.

A vergonhosa situação verificada na área da Polícia Militar, é o retrato fiel de todos os setores da adminustração estadual, que funciona de forma utópica em um evidente jogo do faz de conta.

Vale ressaltar, que, a prefeitura de Parnarama paga o aluguel do prédio que abriga a sede da Companhia de Polícia Militar, alimentação dos policiais e as contas de energia. Isso prova que o Governador Flávio Dino-PC do B é cego e omisso diante da triste e vergonhosa realidade que o ora a Segurança Pública do Maranhão atravessa.

Sobre Irisnobre Bryan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *