Giro de Notícias: Coronavírus: Polícia Federal na cola de prefeituras maranhenses

Polícia Federal e demais órgãos de fiscalização estão de olho em contratos emergenciais estabelecidos por alguns prefeitos do Maranhão

A Polícia Federal, Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado da Maranhão – GAECO, e Tribunal de Contas do Estado devem apurar alguns contratos entre prefeituras e empresas que possivelmente possam ter indícios de superfaturamento em notas fiscais.

 

As investigações sobre a aplicação dos recursos federais de combate ao coronavírus estão ocorrendo em todo o Brasil. Na manhã desta terça-feira (26), a PF iniciou a operação Placebo no Rio de Janeiro, onde fez buscas em endereços ligados ao governador do estado, existem suspeitas de fraudes em hospitais de campanha.

Veículos da Polícia Federal na operação Placebo no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio dr Janeiro, Wilson Witzel (PSC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *