Apresentador Luciano Huck quer apoio de Flávio Dino em 2022 na disputa pela Presidência

A corrida presidencial 2022 já começou. O apresentador Luciano Huck recebeu recentemente para um jantar em sua casa, no Rio de Janeiro, integrantes do PSDB, DEM e Cidadania para comunicar sua disposição em concorrer à Presidência da República daqui a três anos. Huck quer se aproximar também de nomes da esquerda. Um deles é Flávio Dino (PCdoB-MA), governador do Maranhão.

A ideia de aproximação entre o empresário Huck e o governador do Maranhão, Flávio Dino foi idealizada por Paulo Hartung. Economista e ex-governador do Espírito Santo, Hartung já foi tratado por Huck como “meu mestre Miyagi”. Ex-deputado federal, senador e três vezes governador, Hartung é conselheiro do RenovaBR e do Agora!, grupos de renovação política apoiados por Huck. A ideia é levá-lo ao Rio, na Casa das Garças, para conversar com o apresentador de TV.

No último encontro na casa do apresentador, participaram o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o economista Armínio Fraga, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, os ex-ministros Mendonça Filho e Raul Jungmann, o presidente do Cidadania, Roberto Freire, o líder do partido na Câmara, Daniel Coelho (PE), e os empresários Leandro Machado, do movimento Agora!, e Eduardo Mufarej, do RenovaBR.

Não há nenhum anúncio oficial, mas o apresentador já teria manifestado a pretensão de “encarar o desafio” de deixar a Rede Globo para se lançar à disputa presidencial em 2022. Ele mesmo teria reconhecido que, uma vez feito o anúncio, a emissora seria contra sua permanência nos quadros da empresa. Não houve por parte da emissora um veto à candidatura mas, diante das especulações, a Globo se pronunciou por meio de nota.

“Diante das especulações de que seria candidato, a Globo o procurou para saber se de fato ele concorreria à Presidência e enfatizar que, se assim fosse, teria de se submeter às regras da emissora, segundo as quais a vida político-partidária é incompatível com a permanência nos quadros da Globo, mesmo depois do processo eleitoral. Tais regras estão em vigor e são válidas para todos os talentos da emissora. E visam a resguardar a postura de completa isenção da Globo. Na conversa, como a emissora esperava, Luciano Huck foi franco, correto e aderente às regras mencionadas.” diz a nota

Por: Enquanto isso no Maranhão

Sobre Irisnobre Bryan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *